Arquivo de tag reabilitação

porabcd

Combate à dependência química tem esperança renovada

Visto que a ibogaína permite o recuperar lembranças, essas informações precisam ser trabalhadas em psicoterapias, caso contrário, o cliente terá relembrado momentos dolorosos de sua vida e não terá tido suporte terapêutico para ressignificá-lo.

Um estudo publicado pela Associação Britânica de Psicofarmacologia, através da SAGE, editora líder de conteúdos inovadores, analisou o tratamento da dependência química com o auxílio da Ibogaína. A substância, que é extraída da casca da raiz do arbusto Tabernanthe Iboga, é usada tradicionalmente em rituais xamânicos e religiosos na África Central e a partir da década de 60 despertou a atenção de pesquisadores ao se mostrar eficiente contra surtos de abstinência de entorpecentes. Ler mais

porabcd

Maconha

Cannabis , também conhecida por vários nomes populares, refere-se a várias drogas psicoativas e medicamentos derivados de plantas do gênero Cannabis. Farmacologicamente, o principal constituinte psicoativo desse tipo de planta é o tetrahidrocanabinol (THC), um dos 400 compostos da planta, incluindo outros canabinoides, como o canabidiol (CBD), canabinol (CBN) e tetrahidrocanabivarin (THCV).

Ler mais

porabcd

Crack

Crack e seus Efeitos

Princípio Ativo

O crack é a conversão do cloridrato de cocaína para base livre através de sua mistura com bicarbonato de sódio e água. É a forma de cocaína mais viciante e também a mais viciante de todas as drogas. As pedras de crack oferecem uma curta, mas intensa euforia aos fumantes.

Crack – História

Cracolândia, ponto de consumo de crack em São Paulo

O crack apareceu nos Estados Unidos primeiramente em bairros pobres do centro das cidades de New York, Los Angeles e Miami no final de 1984 e em 1985. No Brasil, o crack passou a ser conhecido nos anos de 1990.

Ler mais

porabcd

Nicotina

Nicotina é o nome de uma substância alcaloide básica, líquida e de cor amarela que constitui o princípio ativo do tabaco. Seu nome se deve ao diplomata francês Jean Nicot, que foi o difusor do tabaco na França. Embaixador francês em Lisboa, Jean Nicot trouxe esta planta de Portugal e deu-a a conhecer no seu país. A nicotina provoca cancro nos pulmões devido à metilização que ocorre no DNA (liga um radical metila, CH3).

O nitrosamino possui uma forma de ressonância onde um carbocátion é facilmente doado a uma base nitrogenada do DNA (guanina, citosina, adenina ou timina), causando uma falha de transcrição, levando à possibilidade de desenvolvimento do câncer. Ler mais